Cornélio Procópio Está Entre As Melhores De Cidades Do Brasil Em Qualidade De Vida

Deputado Romanelli e Prefeito Amin. CONQUISTAS que promovem a região da AMUNOP

Cornélio Procópio, no Norte Pioneiro, é a 19ª. melhor cidade do Brasil para se viver, de acordo com um ranking elaborado pelo portal Gazeta do Povo, que avaliou as 5.570 cidades brasileiras. A cidade paranaense recebeu nota 7,33, numa escala que vai até 10, e está em um seleto grupo que alcançou uma pontuação acima de sete. Apenas 3% dos municípios brasileiros estão neste patamar.

“Este é um reconhecimento muito importante para Cornélio Procópio, cidade que tenho a honra de representar e não poderia deixar de cantar minha aldeia, e de me congratular com a população da nossa cidade, que acorda cedo e trabalha muito. Esta conquista é motivo de muito orgulho e jubilo”, disse o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) na sessão desta segunda-feira, 24, na Assembleia Legislativa.

Para Romanelli, Cornélio Procópio vive um ciclo de transformação na gestão do prefeito Amin Hannouche (PSD) e da vice-prefeita Angélica Olchaneski (PSB). “O resultado da pesquisa reflete o trabalho que estamos fazendo para garantir estabilidade política e criar um ambiente positivo para as pessoas, com qualidade de vida”, disse o deputado, salientando que o ranking do portal de notícias considerou aspectos como segurança, infraestrutura, hospitais, escolas, ensino superior, prosperidade econômica e emprego.

Na avaliação de Romanelli, a boa posição alcançada pela cidade de Cornélio Procópio tem reflexos sobre toda a região. “O município é um polo regional importante, referência em serviços como saúde e educação, além de concentrar um comércio vigoroso”, considerou. “O fato é que uma cidade nunca está pronta, é um trabalho contínuo, mas o importante é que esta avaliação demonstra que o município está progredindo e isto estimula o crescimento de toda a região”.

*Ranking -* Para elaborar o ranking, a Gazeta do Povo explica que “compilou uma ampla base de dados, com base em levantamentos oficiais, para identificar a melhor cidade para morar”. As estatísticas utilizadas combinam 21 indicadores e permitem uma comparação direta entre todos os municípios brasileiros. “O levantamento é o mais abrangente possível”, cita o portal na apresentação da pesquisa.

No Paraná, as cidades que aparecem entre as 100 melhores para morar, além de Cornélio Procópio (19º.), são: Miraselva (16º.), Kaloré (43º.), Maringá (65º.), Pato Branco (82º.) Indianópolis (83º.). Na pesquisa entre as capitais, Curitiba ficou na terceira colocação, com 6,75 pontos, atrás de Goiânia (6,85) e São Paulo (6,80). A nota média, considerando os 5.570 municípios brasileiros, foi de 5,66 pontos.

Saiba quais foram os indicadores avaliados e o peso de cada um deles

1. Educação – Peso 1,5

-IDEB Ensino Fundamental – anos finais (2021)

-IDEB Ensino Médio (2021)

-Índice de analfabetismo (Censo 2022)

-Vagas de ensino superior (Censo da Educação Superior 2022)

2. Taxa de homicídios (IPEA, 2022) – Peso 1,5

3 . Saúde – Peso 1,5

– Número de leitos de hospitalares (DataSUS, 2024)

– Mortes evitáveis (DataSUS, 2024)

– Número médicos (DataSUS, 2024)

4. Economia – Peso 1,5

– PIB per capita (IBGE, 2021)

– População empregada (Caged, 2024)

5. Infraestrutura – Peso 1,5

– Vias públicas com pavimentação e meio-fio na área urbana (IBGE, 2021)

– Domicílios ligados à rede de esgoto (IBGE, 2021)

– Abastecimento de água (IBGE, 2021)

– Aglomerados subnormais (favelas) (IBGE, 2021)

– Domicílios com coleta de lixo 2022 (IBGE, 2021)

6. Expectativa de vida (IBGE, 2021) – Peso 1

7. Mortes no Trânsito (DataSUS, 2022)- Peso 1

8. Suicídios (IPEA, 2021) – Peso 1

9. Cultura – Peso 1

– Salas de cinema (Ancine, 2023)

– Bibliotecas públicas (Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, 2023)

10. Famílias em situação de rua (CadÚnico, 2023) – Peso 1

FONTE: ASSESSORIA